Seja bem-vindo!

Coronel Fabriciano, 13 de julho de 2024

Siga nossas Redes Sociais

Dom Joel Amado: sua doação fortalece a missão evangelizadora da Igreja
07/12 Notícias da Igreja
Compartilhar

O bispo auxiliar da arquidiocese do Rio de Janeiro (RJ) e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Joel Portella Amado, motivou a participação dos fiéis católicos do Brasil na Coleta para a Evangelização. Um dos pontos altos da Campanha para a Evangelização, a coleta ocorre no próximo final de semana, dias 10 e 11 de dezembro, quando é celebrado o 3º Domingo do Advento.

“Com sua doação, nesse 3º Domingo do Advento, você fortalece a ação evangelizadora da Igreja. Participe!”, motivou o secretário

No vídeo, dom Joel recorda que os recursos apoiam iniciativas como a formação e atualização dos catequistas brasileiros, o acompanhamento às equipes de Animação Bíblica da Pastoral nos 19 regionais da CNBB e o fortalecimento da organização dos leigos e leigas do Brasil.

Criada pela CNBB em 1998, a campanha busca mobilizar os católicos para que assumam a corresponsabilidade na sustentação das atividades evangelizadoras da Igreja no Brasil. Inspirada na Fratelli Tutti, do Papa Francisco, este ano, especialmente, a Campanha busca fortalecer a cultura do encontro.

Distribuição dos recursos

Os recursos arrecadados pela coleta são distribuídos em três níveis. A maior parte (45% do montante arrecadado) permanece na diocese para subsidiar a ação missionária, evangelizadora e pastoral da própria Igreja local. O restante é distribuído para o Regional e para a CNBB em âmbito nacional: 20% são encaminhados aos regionais da CNBB, com a mesma finalidade de sustentar as estruturas regionais de evangelização; e os demais, 35% destinam-se à CNBB, de forma a garantir iniciativas e estruturas evangelizadoras em todo o Brasil, especialmente nas regiões mais carentes.

Confira o vídeo de dom Joel:

Graça e missão

Inspirado na Fratelli Tutti, o tema proposto para a Campanha para a Evangelização deste ano também está em sintonia com o 3º Ano Vocacional do Brasil. “Evangelizar: graça e missão que se dá no encontro” recorda que evangelizar é a vocação da Igreja e, nela, a vocação de cada batizado, discípulo missionário de Jesus Cristo. “Essa vocação é dom e compromisso, ou seja, é graça e missão, a qual se realiza no encontro interpessoal, intercomunitário, intergeracional”, destaca o texto-base.

A Campanha também incentiva a intensificação ,durante o Tempo do Advento, do encontro com a Palavra; com o Cristo-Pão; com os irmãos que sofrem; e o encontro missionário.

“Reavivaremos, assim, os quatro pilares da ação evangelizadora — Palavra, Pão, Caridade e Ação Missionária — propostos pelas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE, 2019-2023) e aperfeiçoaremos a nossa consciência evangelizadora”, propõe a CNBB.

A proposta também é tomar consciência de que não existe evangelização sem encontro interpessoal. “A partir deste encontro, entenderemos igualmente que precisamos mais do que nunca nos comprometer com a obra evangelizadora, deixando-nos encontrar, saindo ao encontro do outro e promovendo a cultura do encontro”.

CNBB